=================

:: PRINCIPAL

=================

JACQUES LACAN

:: BIOGRAFIA
:: CRONOLOGIA
:: LIVROS
:: TEXTOS
:: VOCABULÁRIO

=================

SIGMUND FREUD

:: BIOGRAFIA
:: TEXTOS
:: LIVROS

=================

:: SOBRE LACAN
:: TEXTOS
:: ARTIGOS
:: ENTREVISTAS
:: INDICAÇÕES
:: PENSAMENTOS
:: LINKS

================

:: GRUPOS E-MAIL
:: CONTATOS

================

Nomes-do-Pai

 

Coleção Campo Freudiano no Brasil
Série Paradoxos de Lacan

Tradução: André Telles
Revisão técnica: Vera Besset

ÍNDICE

Preâmbulo

O simbólico, o imaginário e o real

Introdução aos Nomes-do-Pai
Indicações bibibliográficas
 

SINOPSE

A paternidade tem pouquíssima evidência natural, sendo antes um fato cultural. Segundo Lacan, é o Nome-do-Pai que cria a função do pai. Como este não é uma figura, e sim uma função, não tem Nome próprio: tem tantos nomes quantos suportes tem sua função. E qual é ela? A função religiosa por excelência: ligar significante e significado, Lei e desejo, pensamento e corpo. Em suma, unir o simbólico e o imaginário, na presença constante do real.

 
 
 
 
 

Editora Jorge Zahar

O SEMINÁRIO

LIVRO 1

::

LIVRO 2

::

LIVRO 3

::

LIVRO 4

::

LIVRO 5

::

LIVRO 7

::

LIVRO 8

::

LIVRO 10

::

LIVRO 11

::

LIVRO 16

::

LIVRO 17

::

LIVRO 18

::

LIVRO 20

::

LIVRO 23

::

OUTROS LIVROS

ESCRITOS

::
OUTROS ESCRITOS::
MEU ENSINO::
O MITO INDIVIDUAL DO NEURÓTICO::
NOMES-DO-PAI::
O TRIUNFO DA RELIGIÃO::

WebDesigner Vitor Murata

Free Web Hosting