=================

:: PRINCIPAL

=================

JACQUES LACAN

:: BIOGRAFIA
:: CRONOLOGIA
:: LIVROS
:: TEXTOS
:: VOCABULÁRIO

=================

SIGMUND FREUD

:: BIOGRAFIA
:: TEXTOS
:: LIVROS

=================

:: SOBRE LACAN
:: TEXTOS
:: ARTIGOS
:: ENTREVISTAS
:: INDICAÇÕES
:: PENSAMENTOS
:: LINKS

================

:: CONTATOS

================


Cronologia - Jacques Lacan (1901-1981)


1901: Nasce em Paris, no dia 13 de abril, Jacques Marie Émile Lacan, pri-meiro filho de uma próspera famÍlia católica

1907: Nascimento de seu irmão caçula, Marc-Marie, que mais tarde entrará para a ordem dos beneditinos com o nome de Marc-François

1919: Matricula-se na faculdade de medicina. Paralelamente, estuda literatura e filosofia, aproximando-se dos surrealistas

1928: Trabalha como interno da Enfermaria Especial para alienados da Chefatura de Polícia, dirigida por Caëtan Gatian de Clérambault, que mais tarde reconhecerá como seu único mestre na psiquiatria

1931: Após examinar Marguerite Pantaine, que havia tentado assassinar a atriz Huguette Duflos, escreve sobre o episódio (conhecido como "Caso Aimée") uma monografia que está na gênese de sua tese de doutorado

1932: Inicia sua análise com Rudolf Loewenstein. Defende a sua tese de doutorado, Da psicose paranóica em suas relações com a personalidade

1934: Casa-se com Marie-Louise Blondin, com quem terá três filhos: Caroline (1937), Thibault (1939) e Sybille (1940)

1936: Sua comunicação sobre o "estádio do espelho", durante congresso da Associação Internacional de Psicanálise (IPA) em Marienbad, é interrompida no meio por Ernest Jones, discípulo e biógrafo de Freud

1938: Inicia relações com Sylvia Bataille, ex-mu-Iher do escritor e filósofo Georges Bataille. Torna-se membro da Sociedade Psicanalítica de Paris (SPP)

1941: Separa-se de Marie-Louise. Nasce Judith Sophie, filha de Lacan com Sylvia.

1951: Sua técnica de sessões curtas gera controvérsias na SPP. Dá início aos Seminários, uma série de apresentações orais que constituirão o núcleo de seu trabalho teórico

1953: Em meio à crise na SPP, faz conferências fundamentais como "O mito individual do neurótico" (em que utiliza pela primeira vez a expressão nome do pai), "O real, o simbólico e o imaginário" (que coloca suas teorias sob o signo do "retorno a Freud") e "Função e campo da palavra e da linguagem em psicanálise" (pronunciada em Roma). Deixa a SPP junto com Daniel Lagache, Françoise Dolto e outros 40 analistas. Funda a Sociedade Francesa de Psicanálise (SFP). Realiza o seminário Os escritos técnicos de Freud, primeiro a ser registrado por estenotipista, possibilitando posterior publicação

1963: A IPA admite a filiação da SFP

1964: Lacan funda a Escola Freudiana de Paris (EFP) com antigos alunos como Françoise Dolto, Maud e Octave Mannoni, Serge Leclaire, Moustapha Safouan e François Perrier

1966: Publicação de Escritos e criação da coleção Campo Freudiano, dirigida por Lacan

1967: Propõe a criação do "passe", dispositivo regulador da formação do analista

1968: Lançamento da revista Scilicet, do Campo Freudiano

1973: Publicação da transcrição do Seminário XI, Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise, realizado em 1964. A partir daí, os seminários passam a ser editados segundo esse procedimento. Caroline morre num acidente de automóvel

1975: Lançamento de Ornicar?, boletim do Campo Freudiano

1980: Anuncia a dissolução da EFP e funda em outubro a Escola da Causa Freudiana

1981: Morre em Paris no dia 9 de setembro

 

WebDesigner Vitor Murata

Free Web Hosting